image

Ao longo dos anos de 2017 e 2018, Fernando Morgado fez muitas palestras sobre tendências de comunicação e tecnologia para instituições católicas brasileiras.

Este ciclo começou em novembro de 2017, durante a 4ª edição do Seminário de Comunicação, realizado pela Arquidiocese do Rio de Janeiro. Nesse evento, Morgado fez três apresentações: “A construção da cultura digital”, “Digital: liquidificador de relações” e “Todo poder à audiência!(?)”. Um mês depois, fez um resumo dessas palestras para os diretores e profissionais da RedeVida, a primeira rede de televisão católica do Brasil.

Em março de 2018, Fernando Morgado ministrou a palestra “Fé, comunicação e tecnologia” na Associação Evangelizar é Preciso, do padre Reginaldo Manzotti, que tem milhões de livros e discos vendidos. Esta entidade reúne centenas de emissoras de rádio e TV em todo o Brasil. Ainda em março de 2018, convidado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, CNBB, Morgado falou para dezenas de padres cantores sobre o novo momento da música católica e sua transição dos meios físicos para os digitais.

Por fim, em outubro de 2018, Fernando Morgado voltou ao Seminário de Comunicação da Arquidiocese do Rio de Janeiro e fez duas apresentações: “Os veículos de comunicação e suas próprias crises” e “Da crise de identidade à crise de comunicação: como lidar”, esta última em conjunto com a empresária e professora Koca Machado.

“Foram quase dez apresentações para centenas de pessoas em quatro cidades diferentes. A receptividade foi excelente. Isso representa o novo momento não apenas da comunicação em geral, mas também da própria Igreja”, disse Morgado.